sábado, 20 de fevereiro de 2010

Estes Sonhos!

Já não agüento sonhar
Sonhar com essa senhora
Sonhar e chorar dormindo
Despertando de hora em hora
Estou com medo dos sonhos
São cada vez mais tristonhos
E estão a me definhar
E eu peço a Deus toda noite
Pra me poupar desse açoite
Não me deixando sonhar!

Não sei mais viver sozinho
Por isso que sofro assim
Triste, envergando todinho
Não mais ligando pra mim
E até aí eu agüento
Mas esse sonho é um tormento
Que vem me deixando louco...
Como que eu posso dormir
Se eu sei que ela vai surgir
E eu vou morrer mais um pouco?

Deus, só me deixe sonhar
Com coisas boas, candura...
Morfeu tu és deus dos sonhos
Poupe-me dessa tortura...
Morfeu me dá tua morfina
Faz que outra mulher-menina
Habite nos sonhos meus;
Quero minha paz de volta
Por favor, sonho, me solta
E quando for: - Vai com Deus!

João Pessoa, 20/02/2010.

3 comentários:

Zé mané disse...

eita agora fiquei sem saber quem danado é pior, as minhas insônias ou os teus sonhos...mas pelo semblante do senhor autor, exposto nas palavras, noto que esses sonhos são mesmo cabulosos.

ficou boa não, a mulesta! congratulations

ícaro disse...

Çessé, esse é bom mas é triste.
Espero que, como voce disse, "esse sonho te solte" pra voltar aquelas poesias bem divertidas!
Abracinhos carinhosos por trás!

larissa disse...

ficou ótimo!!!
mas te peço... Poemas felizes já! rsrs

=**