quarta-feira, 16 de julho de 2008

Devaneio Beijoso

Primeira vez no beijar
De uma moça prendada
Carrega o fantasiar
De uma áurea encantada
Mas quando vem salivado
Cheio de baba e molhado
Só desilude a coitada

Mas se o beijo é bem dado
Faz despertar a paixão
Derruba fácil a muralha
Que cerca o coração
E se quem dá o danado
For um sujeito safado
Precede fornicação

Pois beijo bom é esse
Que deixa a mente louca
Que faz se enrijecesse
A língua ao céu da boca
E começando inocente
Quase displicentemente
Se endoidece a cabocla

(Jessé Costa)

2 comentários:

welma disse...

beijo bom?!
não precisa ser o primeiro não...
vai tentando, até...
ow, ow!!!
rss...


MUITXO BOOM!![escrevi isso de novo, ta vendo/PS: só ewscrevo quando é de verdade!]
xeru!

Vamberto disse...

thcÊ, tchê, tchê!!!!
iae esse é meu amigo jessé um poeteiro de primeira, vlw jesse vc é considerado geral!!!
abraço!!!