sábado, 13 de setembro de 2008

Timbaúba, Princesa Serrana!



Princesa derna de quando
Dentre essas serras nascestes
Aos pródigos que perdestes
Se acaso os vês regressando
Tu sois três morros brotando
Querendo lhes abraçar
Já esses canaviá
Te formam verdes paredes
E às rendas das tuas redes
Se rendeu o meu olhar!

Timbaúba, 13/09/2008.

5 comentários:

Roserlei disse...

Oi menino...bom dia...

Cá estou...
Sem bloqueios e obtendo convite palpito.
Adoro ler poesias..fico andando sites afora.
"Veja sua criação"
E às rendas das tuas redes

Se rendeu o meu olhar.
Isole esses versos e pense na riqueza que trazem.
Abraço
Roserlei

Jessé Costa disse...

Roserlei

vou aceitar o pitaco
e pode se sentir à vontade para dar sujestões e opiniões

"sou todo olhos"

e obrigado pelo constante incentivo
um abraço

daiane disse...

Linda poesia..
Sou de Timbaúba e amei tudo isso ..
Reflete muito bem essa cidade .
Parabéns Jovem Inteligente !
Boa sorte ...

daiane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Nossa fiquei apaixonada por esta poesia eu sou de Timbaùba e tenho muito orgulho da minha cidade Natal.São poucos os que mostram seu amor por sua cidade gostei de saber que vc ama sua cidade como eu amo, apartir de Hoje sou sua Fâ continue fazendo essas coisas lindas que vc sabe fazer muito bem BJu