quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Nas Pegadas de Limeira

(Baseado nos versos do poeta Zé Limeira)

Nas pegadas de Limeira
"No vergel da ventania"
Vi um sapo numa jia
Um matuto na rameira
Dom Pedro com caganeira
No sertão de Bogotá
Vi um gato ensaboá
O sovaco em pleno rí
"Tanto faz daqui prali
Como dali pracolá"

"Feliz da mesa que tem
Costela de guaiamum"
Vendo três, entrego um
Eu não abro nem pr’um trem
Presidente disse amém
Em plena mesa de bar
Depois foi furufunfar
Com a filha do prefeito
Napoleão foi eleito
Pr’um cabaré governar!

"É da tampa pipocá"
No fogo de sete gatos
Já tou ensinando aos ratos,
Com camisinha trepá
Pruqui-pruli-proculá
Nas andanças do caminho
Jesus disse bem baixinho
Pra madalena escutá:
"No dia que eu me zangá
Mato você de carinho!"

Autor: Jessé Costa.

João Pessoa, 07/01/2009

Um comentário:

Jessé disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.