sexta-feira, 20 de junho de 2008

Toda Doutora em Paixão é Solteira

Ela é uma linda engenheira
Que pela mecânica da paixão
Pesquisou sua pós-graduação
Se especializou em ser matreira
Mas quando a felina feiticeira
Ainda formulava sua tese
Ao procurar uns cabra que se preze
Pra fazer dos reles mortais cobaia
Fez coisas que nem o diabo de saia
Não faria com um monte de fezes


Maltratou muito homem carinhoso
Esmagou a auto-estima dos metidos,
Garanhões com os seu egos feridos
Atrás dela como um grude remoso.
Empregava um jeito ardiloso
Que gerava as paixões mais derradeiras
Foi assim que a astuta engenheira
Desgraçando o próprio coração
Conquistou sua pós-graduação
Pra tornar-se uma doutora solteira

(Jessé Costa)

2 comentários:

welma disse...

essa eu aprovei!!!!

kkkkkkkkk
pouco enxirida amenina!!!

=D

mas como eu disse:
-boooa!!!!

té mais!

xeru

alinne emanuelle disse...

meninooo! tô quase virando tua fã! tô adorando esse teu blog. muito bom!

você tem talento...
e merece muito sucesso!

Parabéns!
;*