sábado, 12 de março de 2011

Converseiro pêia



Inventei um dicionário
Pra te elogiar mais bem
Neologismos? Mais de cem!
Um novo vocabulário
De primeza e caprichário
Grandoso e fosforescente
Dos que engrandece a gente
Que deixa o homi viçoso
Mas como sou cabuloso
Entoquei em minha mente

Guardo esse elogiário
Pra oiçar nos seus ouvidos
Distante dos alaridos
Das quermesse, dos rosário
Pois como não sou vigário
Pr’essa nossa conversinha
Eu quero é você sozinha
Que’u sussurro, eu te gabo
Te louvo de cabo a rabo
E te acabo todinha!

Jessé Costa, 06/08/2008

Um comentário:

Roserlei disse...

Minino poeta Jessé.... saudades de você....muita...
...fez falta todos esses dias embora eu tenha ficado olhando para onde o passarinho vem beijar a flor....vou fotografar...você é ótimo...hoje adorei....qeum derá...um dia vou dizer prá você que eu te amo....é claro com todo respeito. Abraço.