quarta-feira, 5 de novembro de 2008

A Revolução dos Contos

Roubei do príncipe seu alazão
Da Rapunzel sua trança comprida
Dei arrebite a Bela’dormecida
Branca de Neve? Furtei um anão!
Fada sem ter Varinha de condão
Capei a lâmpada de Aladim
Do Peter Pan seqüestrei a “Sinim”
Na Cinderela soldei o sapato
Tirei a bota do pé de um Gato
Fiz um final feliz sem ter o fim!

(Jessé Costa)

Um comentário:

Roserlei disse...

Olá menino Jessé...boa noite!

Os CONTOS não tem final...admitem todos os SONHOS e promovem na imaginação um cem número de incertezas e buscas..e veja eles estão bem próximo da sua idade ainda.
Parabéns!!!
Abraço,
Roserlei