terça-feira, 9 de março de 2010

Ela!

Ela é assim tão meiga
que a todo mundo conquista.
Seu riso torna manteiga
o peito que à avista!
Seu olhar é vida pura.
Em verde ela é madura,
em azul ela é serena,
para o mundo ela é um anjo
e ao coração do marmanjo
é lei que prende e condena!

Ela é dessas raridades:
uma mulher obra-prima!
Ela cresceu sem maldades,
tem a alma de menina!
Ela é toda amorosa,
doce, terna, carinhosa,
etc. e coisa e tal...
Ela é sorriso no tédio!
Ela é o melhor remédio
pra qualquer tipo de mal!


João Pessoa, 09/03/2010.

2 comentários:

Ana disse...

Hummmmm nééé que o poeta tá todo metido versando coisas bonitas! x) =*** [ana orlando. diz: táh linda lindaa xD]

Joany disse...

a melhor de todas!! hahahahaha
adoreeei! :D
bjin, primu!