segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Amor: jogo de ludo



Você já se perguntou
Em quê o amor agrega?
Pois imagine um jardim
Que não chove e ninguém rega
E se isso não bastar
Imagine o que é voar
Sendo uma cabra-cega!

Amor é investimento
Com alta taxa de risco
Tem quem entre com um olho
E saia só com um cisco
Porém bem mais comumente
A gente colhe a enchente
Tendo investido um chuvisco!

Tudo bem que o amor
Pode ser um cogumelo
Que por vezes é nocivo
Mesmo sendo assim tão belo
Porém viver sem amar
É como se alimentar
Tão somente de farelo!

Então quem quiser amar
Tem qu’estar bem preparado
E, sendo assim, não ligar
Se há valor agregado
Pois como um jogo de ludo
No amor se aposta tudo
Pra depois jogar o dado!

João Pessoa, 23/08/2010.

3 comentários:

Priscila disse...

gostei! ^^

qq disse...

Rapaz, virei seu fã!

vitoria disse...

É desse jeito!